Operação conjunta prende chefe de facção criminosa com atuação no RN

A Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) do Rio Grande do Norte e a Polícia Federal realizaram a prisão de um homem apontado como um dos chefes de uma facção criminosa que atua no estado.

A operação conjunta foi denominada de ‘Buzu’. O mandado de prisão foi cumprido em uma pousada de luxo no litoral da cidade de Natal.

Segundo a Polícia Civil, a DEFUR investigava uma série de roubos a transporte coletivo, ocorrido nas proximidades da comunidade do Mosquito, na Zona Oeste da cidade, quando o suspeito foi apontado como o responsável por promover as ações criminosas.

Além disso, foi verificado que ele atuava como chefe da facção e que já estava sendo investigado pela Polícia Federal, que no dia 3 deste mês deflagrou a Operação Extração, em combate à atuação do PCC no Rio Grande do Norte. Na ocasião, 18 suspeitos foram

presos, entre eles um advogado.

Além dos roubos aos transportes coletivos, o homem preso nesta quarta também é investigado pela prática do crime de roubo que acabou com um sargento do Exército baleado durante um assalto ocorrido no mês de agosto deste ano em uma padaria no bairro Alecrim, na Zona Leste de Natal.

O preso foi encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.