Fátima Bezerra afirma que vai municipalizar o Hospital Regional de Caraúbas

Fátima Bezerra afirmou durante a abertura oficialmente a Terceira Exposição Agropecuária (III Expoeste), na noite da última sexta-feira (12), que vai municipalizar o Hospital Regional Dr. Aguinaldo Pereira da Silva em Caraúbas. O anuncio deixou a população apreensiva, com medo de perder sua Unidade Regional.

“Nós temos um investimento aqui no Hospital Regional de Caraúbas, inclusive nós estamos conversando com diversos segmentos da sociedade, porque assim tem sido o nosso governo. Essa governadora junto com Atenolol não toma decisão sozinha de cima para baixo, as decisões que a gente toma é ouvindo a sociedade, ouvindo o Homem do Campo, o comerciante, é ouvindo os prefeitos e empresários, os vereadores, os sindicatos dos Trabalhadores, é assim que deve ser um governo do perfil popular e um governo que preza pela democracia, por isso, que eu quero aqui dizer a vocês que nós estamos conversando na busca, se Deus quiser, de municipalizar o hospital aqui, por quê? Por que os estudos estão apontando que este é o melhor caminho para gente melhorar o atendimento da Saúde da população”, afirmou a governadora Fátima Bezerra.
Para muitos, o pronunciamento da governadora foi como um balde de água fria, pois há pouco tempo os moradores de Caraúbas viviam preocupados com o fechamento do hospital Regional, se caso fosse municipalizado. Durante todo esse período, atos foram realizados na cidade com a preocupação da municipalização da Unidade.
O Sindsaude vivia em Caraúbas buscando realizar atos públicos e afirmando que a municipalização era a confirmação do fechamento do Hospital Regional de nossa cidade. Apropria governadora Fátima Bezerra, então, pré-candidata ao governo do Estado, se reuniu com diversos seguimentos da sociedade no Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, onde afirmou que era inaceitável a municipalização do Hospital de Caraúbas e que era uma determinação do desgoverno de Robinson Faria que iria fechar os regionais do Rio Grande do Norte.